Como manter a lâmina da motoniveladora afiada
como-manter-a-lamina-da-motoniveladora-afiada

Manter a lâmina da motoniveladora afiada é um desafio para a maioria dos operadores e empreiteiros. Sabemos que a máquina funciona bem e com eficiência quando a lâmina está em bom estado. Portanto, o funcionamento eficiente da motoniveladora depende de sua lâmina, seu estado de conservação e posição. Se a lâmina estiver gasta, pode causar grandes problemas no futuro.

Por exemplo, se você deseja penetrar e cortar material, mas sua lâmina está cega ou muito desgastada, ela pode causar um impacto excessivo. Além disso, pode colocar pressão demasiada nos componentes da motoniveladora, incluindo o sistema hidráulico e o sistema de transmissão.

Isso pode danificar ainda mais ou reduzir significativamente a vida útil de componentes caros e de difícil substituição.

A lâmina desgastada também pode tornar a motoniveladora menos eficiente e afetar a produtividade geral.

Isso ocorre porque exigiria maior potência para forçar a lâmina a cada corte, causando aumento nos custos de combustível e o maior desgaste dos pneus. Veja uma análise detalhada das dicas compartilhadas por vários especialistas do setor sobre como manter a lâmina da motoniveladora afiada.

O papel do operador em manter a lâmina afiada

Observando os cenários acima, nem é preciso dizer que manter a lâmina da motoniveladora sempre afiada é de extrema importância e a responsabilidade de fazê-la recai sobre os ombros do operador.

Um operador de motoniveladora deve ter conhecimento sobre como proteger a lâmina quando necessário para manter suas bordas afiadas.

Tudo se resume ao fato de que é o operador que, por meio de suas habilidades, experiência e know-how, pode fazer o uso adequado da lâmina. Para isso, é extremamente importante que o operador posicione a lâmina corretamente e use a velocidade adequada, evitando movimentos bruscos.

A importância de posicionar a lâmina da motoniveladora corretamente

Às vezes, os operadores tendem a manter a lâmina inclinada para frente. No entanto, isso pode ser desastroso, pois pode romper prematuramente a borda, tornando a tarefa de cortar e aparar muito mais difícil.

Portanto, é melhor evitar esse posicionamento da lâmina. Na verdade, o topo da lâmina deve ser movido apenas ligeiramente para a frente da aresta de corte, de modo a posicionar a lâmina para frente apenas quando for necessário.

Além disso, é igualmente importante que os operadores alterem o ângulo da lâmina periodicamente. Se a lâmina for mantida para frente, isso pode resultar em desgaste ao longo da parte frontal da aresta de corte.

Assim, inclinar periodicamente para trás como no caso de carregar, misturar, espalhar ou pentear o material pode uniformizar o desgaste na borda, mantendo assim a lâmina nivelada e afiada.

Para evitar que a lâmina de corte fique arredondada em apenas um dos lados, use para escarificar ou rasgar uma superfície. Isso também pode ajudar a manter a lâmina afiada.

Na hora de nivelar os meios-fios, é muito importante alternar entre o avanço com o lado esquerdo e o direito da lâmina. Na verdade, todo o comprimento da lâmina deve ser usado, evitando o desgaste desigual apenas nos lados externos da borda de ataque.

A velocidade da operação

Normalmente, as motoniveladoras devem ser operadas lenta e suavemente, de modo a evitar o desgaste desnecessário da lâmina.

Por isso, recomendamos manter a velocidade abaixo de 10 quilômetros por hora e não ultrapassar acima de 16 quilômetros por hora.

Além de manter a velocidade baixa, evitar movimentos bruscos também pode ajudar a minimizar o estresse na lâmina. Isso pode evitar cargas de choque que podem danificar outras peças da máquina.

Substituindo a lâmina da motoniveladora quando necessário

Dadas as dicas acima para manter a lâmina da motoniveladora afiada, não se pode negar que a lâmina de corte se desgastará em algum tempo devido ao uso contínuo e terá que ser substituída eventualmente. Isso torna importante inspecionar a lâmina regularmente.

Geralmente, uma motoniveladora oferece um desempenho ideal com cerca de 3,5 centímetros de espaço útil exposto na ponta. Se essa borda ficar ainda mais gasta, a motoniveladora não funcionará com eficiência.

De acordo com os fabricantes, dependendo do tipo de material que está sendo cortado pela motoniveladora, é recomendável inspecionar visualmente o fio de corte de 25 a 50 horas.

Resumindo, a lâmina da motoniveladora é um componente importante e recomenda-se a inspeção diária.

A ITR é a sua parceira no fornecimento de lâminas

Visto que a lâmina é a peça mais cara ou demorada para substituir, é melhor mantê-la em boas condições e afiada para evitar muitos problemas no futuro.

Acima, estão algumas dicas que os operadores de motoniveladoras podem seguir para alcançar o máximo de eficiência e produtividade com suas motoniveladoras no local de trabalho.

A ITR oferece uma ampla gama de lâminas para motoniveladoras, fabricadas com aço boro para garantir o mais alto desempenho.

Lâminas de perfis de aço laminado (retas, bisel simples, bisel duplo, meia seta, barras blindadas, etc…) e de chapas de aço das melhores marcas! Conte com a ITR!

– ITR South America –
Telefone: 11 4750-1305
E-mail: itr@itrsa.com.br
LinkedIn | Instagram |  Facebook

Leia mais: Como escolher lâmina para motoniveladora

Leia Mais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *